Translate

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Introdução: Discernimento e verdades

                      O despertar dos trabalhadores da Luz.


Meus amigos. Estou criando esse blog, para levar a consciência Crística a todos os trabalhadores da Luz que estão despertando nesse momento tão especial da Mãe Terra, ou Gaia, como preferirem.

Meu nome é Vinicius, tenho 27 anos(agora em 2013), sou de São Paulo. SP, e sou um buscador espiritual desde os meus 10 anos de idade.

Não tive mais como segurar. Estamos em um momento de transição, e nossa amada Mãe Terra pede que seus filhos possam despertar, e se lembrarem de quem são, AGORA.

               

Eu pretendo entrar com uma série de textos, sem datas definidas para serem postados, mas que com certeza irão auxiliar à todos aqueles que se sentem tocados com esse chamado, de alguma forma.

Antes de começar com a principal mensagem de hoje, gostaria de falar um pouco mais sobre minha personalidade espiritual, e baseado em que, meus textos se seguirão.

Sempre fui um buscador, como citado, e hoje, não pertenço a nenhuma linha de crença ou religião, e nem mesmo aos novos grupos chamados de Grupos da Nova Era, apesar de que vocês irão notar muita coisa em comum, afinal, os trabalhadores da Luz trabalham para o novo tempo que Gaia escolhe experimentar.

Sou batizado Católico Apostólico Romano, mas desde cedo, sentia a necessidade de explorar novos horizontes.

Minha busca espiritual, começou aos 10 anos, depois do falecimento de meu pai, devido à uma experiência que tive no plano astral, juntamente com alguns outros sintomas que vieram na mesma época.

Com o passar dos anos, me "infiltrei" em diversas filosofias, crenças, sistemas, doutrinas, e de cada uma delas, eu pude absorver algo que fizesse sentido, e muitas coisas que não fizessem sentido, ao menos, ao meu entendimento.

Por quase todo o tempo, dos meus 15 anos até atualmente, sempre me considerei um Espiritualista Universalista, mas já me liguei à ordens como a Rosacruz, dentre outras, sempre em busca de alimentar meu desejo por conhecimento.

Durante algum tempo, me identifiquei muito com o Espiritismo. Foi uma doutrina que realmente me trouxe respostas para muitas coisas.

Já frequentei centros de Umbanda, e estudei diversos conhecimentos. Mas meu segmento continuava no Universalismo, ainda que com uma tendência Espírita, porém com face Espiritualista.

Hoje, eu sou um estudante da Kabbalah, ainda neófito, mas não me prendo a mais nenhum tipo de doutrina, nem mesmo à doutrina Espírita.

Os motivos pelos quais eu não sigo nada em específico, ou até mesmo pelo qual eu não me coloco mais profundamente, como já o fiz, dentro do Espiritismo, HOJE, realmente não vem ao caso, e é a partir disso, que quero passar a minha primeira mensagem.

Muito longe de julgar ou criticar qualquer filosofia, doutrina, crença ou sistema, até mesmo porque, todos tem sua importância neste Planeta, em um nível mais profundo de espiritualidade (talvez esse seja um dos temas que eu possa abordar no futuro), e todos serviram para meu crescimento (logo, não vou cuspir no prato que comi, pois nada é por um acaso. Passei por onde deveria passar para ser quem SOU HOJE), eu apenas descobri que todas as respostas ás quais eu buscava em todos os lugares aos quais eu batia à porta, estavam simplesmente dentro de MIM.

Ainda vou falar muito sobre QUEM SOMOS, mas o ponto crucial de hoje, é sobre VERDADES.

Meus amigos, o motivo de eu me abster de falar bem ou mal de qualquer que seja o caminho escolhido por cada um, é porque eu sei que somos Criadores (também vou abranger este assunto muito neste blog), e sendo assim, não existem verdades que sejam mais verdades que A SUA PRÓPRIA VERDADE.

Para você, que é um trabalhador da Luz, é importante aprender que, a verdade das outras pessoas, são verdades na realidade em que elas criam, e a sua verdade, é verdade na realidade em que você cria. Logo, todas as verdades são verdades, pois se manifestam, fisicamente e espiritualmente, na realidade daquele que crê na mesma.

Aonde eu quero chegar com isso? É bem simples. O primeiro ensinamento que quero passar a vocês, é uma tremenda contradição. O primeiro pedido que faço a todos vocês, é que simplesmente me leiam, e não acreditem em absolutamente NADA do que eu escrevo. Eu sou apenas uma individualidade, escrevendo sobre minhas verdades, que podem ser de um jeito hoje, e de outra forma amanhã. Porém, eu gostaria muito, que vocês aprendessem a buscar a verdade dentro de vocês mesmos, e para isso, sim, vocês poderão me utilizar como um mediador de verdades (dentro do Universo em que todas as verdades são verdades).

Muitas das minhas verdades, eu adquiri com experiência, com vivência, mas muitas dessas experiências e vivências, eu me coloquei a vivenciá-las, depois de alguma leitura. O que quero dizer? Apenas que, devemos aprender a usar mais nossos corações, e menos a nossa mente.

Você pode ler sobre algo, e ignorar logo de cara, ou resolver colocar o que leu em prática, para ver se aquelas práticas vão surtir algum resultado em sua vida. O grande barato disso é que, para alguns, surtirão efeitos espetaculares e, para outros, não mudará nada.

Esse já é um tema mais complexo. Envolve muitas vezes, até mesmo escolhas de vidas passadas de cada um. O mais importante aqui é, usar, como já disse, mais o coração, e menos a mente, quando se deparar com uma leitura. Simplesmente, veja se é seu coração que ignora aquela verdade, ou se é sua mente que ignora sua verdade. Mas como fazer isso?

Uma das técnicas mais eficaz nesse caso, é sentir a repercussão energética. Vou dar um exemplo:

Peguemos um exemplo de uma pessoa que crê em Deus, mas teme o mesmo Deus que ela crê, porque acredita que Deus pode punir ou lançar no fogo eterno do Inferno (sem julgarmos nenhum tipo de religião, essa não é a intenção, afinal, como eu já disse, toda religião tem um propósito espiritual nesse Plano).

Peguemos então essa pessoa, e imaginemos em que ela acredita em um Deus do AMOR, mas que ao mesmo tempo, acredita que pode ser punida por um Deus amoroso. Ela tem os motivos dela para crer nisso, e não devemos julgar isso. Mas vamos supor, que ela se depara com um texto, que apresenta a ela um Deus diferente, onde somente realmente o AMOR INCONDICIONAL predomina. Um Deus que não pune, que não julga, que não condena. Duas coisas podem acontecer:

- Ela pode abrir sua mente para a leitura, e começar, antes de julgar o conteúdo, tentar sentir, em seu coração, se aquelas palavras lhe trazem desconforto, ou lhe trazem alegria, paz, felicidade de espírito.

- Ela pode, de imediato, achar que são palavras de Satã, tentando a desviar do bom caminho que ela tanto aprendeu, e que, portanto, deverá largar aquela obra do capeta imediatamente.

Curiosamente, essas duas possibilidades se entrelaçam, já que, ela sentir desconforto, está ligado com relacionar a leitura com algo de "errado", de certa forma. Mas aí é que entra a grande questão...

Quando sabemos que o desconforto causado, foi pelo nosso coração e intuição (alma), ou se foi causado pela nossa MENTE, que age reativamente, a defendendo de "algo novo", trazendo o pânico e o medo?

A resposta para isso, é nada mais nada menos, a que eu já disse algumas palavras acima. Precisamos navegar dentro de nós mesmos, mas devemos estar ABERTOS para novos conhecimentos.

Talvez, quando essa pessoa em questão, se ver sendo amada por um Deus, que é simplesmente amor puro, em todas as formas, mesmo que a sua mente a diga que ela está se desviando, seu coração irá repercutir, e ela vai sentir que faz mais sentido aquelas palavras, do que suas velhas crenças. Talvez, ela realmente não tenha afinidade com aquele conhecimento, e o ideal, é que ela acredite que essas palavras não são verdadeiras, e lembrem-se, essa será uma verdade, nem que seja a verdade dela, mas é uma verdade. Ainda pode acontecer, de a pessoa ficar na dúvida. Será que é minha mente? Será que é minha Alma?

O que aconselho nos casos de dúvidas, é que se acalmem, e peçam orientação a quem acharem que devem pedir. Cada um tem seus amigos espirituais, e o próprio Deus(que sempre, independente do nome chamado, FOI O MESMO, sendo Deus, Deusa, Fonte, Alá, Jeová, e etc etc etc.....)

Estou postando tudo isso, para encorajar meus leitores, a terem esse comprometimento com eles mesmos, em qualquer leitura que venham a ter em suas vidas e, inclusive, principalmente, às leituras que encontrarão neste blog.

Não quero que minhas verdades sejam suas verdades, mas sim que a verdade de vocês sejam suas verdades, porém, que aprendam a buscar a verdade interior de cada um de vocês.

Minha primeira postagem desse blog, está chegando ao final. Espero que se acostumem com postagens longas, porque não podemos ter preguiça da espiritualidade.

Para encerrar, gostaria de deixar bem claro, porque provavelmente haverá quem me pergunte....""mas quer dizer que se eu não concordar em tudo o que você diz, ou não me enquadrar nessas coisas, eu não sou um trabalhador da luz?""

Não. Não quer dizer que não seja. Nós, os trabalhadores da Luz, estamos agindo em vários pontos. Seja dentro do Universalismo, ou seja dentro das crenças, religiões, igrejas, doutrinas, filosofias, ou onde quer que seja.

Ainda que, algumas determinadas almas, estejam encarnadas HOJE nesse Planeta, para exercerem a função de trabalhadores da luz, em específico, nesse período (e não, não são todas as almas no Planeta), ao mesmo tempo, todas as almas são almas de luz, e são trabalhadoras da luz ao mesmo tempo, mas em um nível diferente, mas não com menos importância.

Me despeço aqui, desejando a todos os seres viventes desse Planeta, que o ontem, o hoje, e o amanhã, seja sempre iluminado com todo o Amor da Consciência Universal PAI/MÃE/VIDA.

Digo ainda, que a Consciência Crística( da que muitos conhecem por Jesus), me acompanha nessa minha empreitada, e muitos poderão sentir seus traços energéticos em muito do que escrevo (ainda que eu não esteja agindo como um canal, canalizador, e sim apenas recebendo fluídos e intuições do mesmo).

Somos TODOS UM.

Que assim Seja. Assim já É.



""""""Junte-se a nós em nosso trabalho de uma forma mais efetiva. Conheça nossos canais de comuniação, como a FAN PAGE do blog Trabalhadores da Luz e nosso projeto paralelo que anda de mãos dadas com o Blog, nosso canal no Youtube EU EXISTO e também sua FAN PAGE. Sigam a Fan Page do blog no facebook, sigam a Fan Page do canal Eu Existo no facebook e se inscrevam no canal, assim vocês podem acompanhar todas as nossas novidades, como novas postagens no Blog e novos vídeos, e não se esqueçam de deixar seu like se gostarem. Dessa forma estarão todos contribuindo juntos para nosso crescimento e estarão ajudando a levar nossas mensagens para mais pessoas. Não se esqueçam de divulgarem e compartilharem as Fan Pages e o Canal também. Façam parte desse trabalho juntos de nós.

FAN PAGE do Blog Trabalhadores da Luz: https://www.facebook.com/lightworkers33

CANAL EU EXISTO: https://www.youtube.com/channel/UCnoou8YejQNi8rLw0P9nQPA

FAN PAGE DO CANAL EU EXISTO: https://www.facebook.com/canaleuexisto """""""""""




2 comentários:

  1. É muito mais fácil acreditar em uma verdade já pronta, pq ai vc não precisa perder tempo tentando entendender a sua e pode gastar mais tempo trabalhando para consumir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é meu amigo. Nascemos acreditando em verdades prontas, e depois, temos medos infundados de largá-las.
      Por trás de tudo isso, ainda tem algo importante, que é a não existência do tempo. O tempo é uma ilusão, mas esse tema eu escreverei em outra oportunidade.
      Obrigado pela participação.
      Abraços.

      Excluir

Leia mais: http://www.limontec.com/2017/09/como-minerar-xmr-atraves-de-visitas-em.html#ixzz4sxe80100